Esporte Entidade muda regra e goleiros não poderão mais “dançar”...

Entidade muda regra e goleiros não poderão mais “dançar” nos pênaltis

-

- Advertisment -

A Internacional Board, responsável pelas regras do futebol, parece não ter gostado nada da postura de Andrew Redmayne na disputa por pênaltis que garantiu a Austrália na Copa do Mundo e resolver modificar o regulamento nos tiros livres. Agora, os goleiros terão de ficar com um pé em contato direto com a risca do gol, ou seja, proibidos de ficar “dançando” sobre a linha como o australiano fez diante dos peruanos.

Redmayne entrou no fim da prorrogação da repescagem para a Copa do Mundo contra o Peru somente para as penalidades. Com sua saltitante dança de um lado para o outro antes das cobranças rivais, fez Advíncula bater na trave e ainda defendeu a cobrança decisiva de Valera. A atitude não será mais permitida nas competições oficiais de acordo com comunicado da Internacional Board.

“No momento da cobrança de pênalti, o goleiro deve ter pelo menos parte de um pé em contato direto com a linha do gol, não atrás da linha no momento em que o batedor chuta a bola”, é a nova norma da Internacional Board. O novo texto já está no seu caderno de regras.

A entidade explicou a mudança que foi realizada para não beneficiar o defensor. “Anteriormente, o goleiro tinha que ter pelo menos parte de um pé tocando ou pisando na linha do gol no momento da execução de uma penalidade máxima”, explicou. Ou seja, quando fica saltitando, o goleiro apenas resvala na risca e pode pisar para trás da linha, ganhando impulso.

“O texto foi reformulado para evitar penalizar essa posição. Para explicar essa modificação, destaca-se que o espírito da regra incentiva o goleiro a posicionar os dois pés em contato direto com a linha do gol ou diretamente acima dele até que a penalidade máxima seja executada. Em outras palavras, o goleiro não pode estar na frente ou atrás da linha.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimas Notícias

Menina de 11 anos grávida após ser estuprada consegue fazer aborto legal

A menina de 11 anos, que teve o direito ao aborto legal negado em Santa Catarina, conseguiu...

Guito lembra 1° encontro com Almir Sater: “Vinte minutos sem falar”

Guito, ator de Pantanal, participou do programa Encontro com Fátima Bernardes nesta quinta-feira (23/6) e comentou a relação com Almir...

Milton Ribeiro e pastores passam por audiência de custódia nesta 5ª

Os presos durante a Operação Acesso Pago, da Polícia Federal, passarão por audiência de custódia nesta quinta-feira (23/6). O ex-ministro...

Estudo mostra que câncer de mama se espalha mais durante a noite

Um time de pesquisadores da ETH Zurich, na Suíça, descobriu que as células do câncer de mama se espalham...