Saúde Confira 6 atitudes que vão ajudá-lo a gastar menos...

Confira 6 atitudes que vão ajudá-lo a gastar menos na farmácia

-

- Advertisment -


De um ano para cá, o custo de vida no Brasil aumentou cerca de 10%. Com o orçamento mais apertado, as pessoas estão repensando gastos e cortando despesas.


A necessidade de economizar alcança até as compras de medicamentos – um campo que costuma a ser o último a ser reavaliado em momentos de dificuldades financeiras.

De acordo com o secretário-geral do Conselho Federal de Farmácia, Gustavo Pires, neste cenário de dificuldades, o farmacêutico pode fornecer orientações técnicas para que as pessoas consigam economizar na compra de medicamentos. Veja a seguir 6 atitudes que você pode adotar para gastar menos na farmácia:

1. Evite a automedicação

“A instrução mais importante, evidentemente, é evitar a automedicação, que pesa no bolso e na saúde”, lembra o farmacêutico.

2. Verifique se a receita têm remédios gratuitos

Os farmacêuticos estão preparados para orientar a busca de medicamentos na rede pública e nas unidades básicas de saúde dos municípios, em caso de receitas emitidas no SUS. Também há a opção dos estabelecimentos incluídos no programa Farmácia Popular, onde receitas particulares e de planos de saúde também são aceitas.

“Se os medicamentos forem de alto custo, as unidades distribuidoras dos Componentes Especializados de Assistência Farmacêutica (CEAF) dos Estados devem ser o caminho indicado”, completa.

3. Cheque com o laboratório se há algum desconto

Existem programas de desconto oferecidos pelos próprios fabricantes de medicamentos. É importante se informar se esse não é o caso do seu remédio de uso contínuo. “Alguns laboratórios oferecem até 90% de desconto ao pacientes cadastrados. Os planos de saúde também costumam possuir programas de descontos em medicamentos ou farmácias com as quais têm convênio”, comenta Gustavo Pires.

4. Pergunte se existe um genérico

“Outra forma, esta já mais familiar ao conhecimento da população, é a possibilidade do farmacêutico realizar a substituição do medicamento por um genérico, sempre explicando ao paciente que os mesmos seguem critérios de segurança idênticos aos de marca original, para registro na Anvisa”, afirma.

5. Confira se está comprando a quantidade adequada

Outra alternativa eficaz de economizar é comprar a quantidade exata ou mais próxima da prescrita para o tratamento, a fim de evitar a aquisição desnecessária de medicamentos.

6. Questione o médico se há versão manipulada

Além disso, o paciente também pode consultar o médico sobre a possibilidade de utilizar medicamentos manipulados. As farmácias de manipulação também contam com programas próprios de desconto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimas Notícias

Um dos maiores comunicadores do estado de Pernambuco, prestigia a 2ª edição do GODIGITAL

Robson Ouro Preto marcou presença no Festival GoDigital. A segunda edição do evento foi realizada no Centro de Convenções...

Robson Ouro Preto é empossado novo presidente da Fundação Fonte Cultural

Após assembleia geral realizada na manhã da última quarta-feira (18), Robson Ouro Preto tomou posse do cargo da presidência...

Lucas Soares Fontes fala sobre fraude de quase R$500 milhões no INSS

Ao longo de toda a sua história, o INSS tem sido alvo de inúmeros tipos de fraude. Para o advogado e gestor...

Contradizendo Fake News espalhadas, Braiscompany demonstra firmeza e continua de portas abertas e operações a todo vapor.

Após Live do CEO, Antônio Neto Ais, clientes demonstram apoio para a empresa que há 05 anos transforma milhares...