Política Por que Doria e Bolsonaro são evitados como cabos...

Por que Doria e Bolsonaro são evitados como cabos eleitorais em São Paulo

-

- Advertisment -

A duas semanas do primeiro turno, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estão sendo evitados pelos seus candidatos na eleição para a prefeitura de São Paulo. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), evitou se associar a Doria desde o começo da disputa, tanto na propaganda eleitoral quanto em atos de campanha, e assim continuou fazendo depois de avançar nas pesquisas de intenção de voto.

Já o deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) passou a esconder Bolsonaro na campanha, além de tentar vincular Covas a Doria, depois de se apresentar como o candidato de Bolsonaro no começo da disputa. O marqueteiro de Russomanno, Elsinho Mouco, chegou a apostar que o presidente da República evitaria uma queda do deputado nas pesquisas, problema que ele voltou a enfrentar como em 2016 e 2012. Segundo a última pesquisa Datafolha, feita entre 20 e 21 de outubro, ele perdeu sete pontos desde o início do horário eleitoral, em 9 de outubro – ele agora tem 20% e está empatado tecnicamente com Covas, que tem 203 – a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos,.

A perda de importância de Doria e Bolsonaro como cabos eleitorais é resultado da alta rejeição que os dois possuem perante o eleitorado paulistano. Segundo pesquisa Datafolha feita no final de setembro, 64% dos eleitores paulistanos não votariam em um candidato apoiado pelo presidente enquanto 59% afirmaram que rejeitaram um postulante à prefeitura bancado pelo governador. Apenas 8% escolheriam um nome apoiado pelo tucano, enquanto 11% fariam o mesmo em relação a alguém indicado por Bolsonaro.

Ultimas Notícias

Bolsonaro declara apoio a Busato, assista ao vídeo

O presidente Jairo Bolsonaro (sem partido) gravou um vídeo em apoio à reeleição do atual prefeito de...

Rio Grande do Sul registra 3.957 novos casos de Covid-19 e mais 91 mortes provocadas pela doença

Por Redação O Sul | 12 de novembro de 2020 O Rio Grande do Sul registrou 3.957 novos casos de...

Cães de terapia e assistência podem acessar locais públicos e privados no Rio Grande do Sul

Por Redação O Sul | 12 de novembro de 2020 Os animais devem usar colete de identificação Foto: Pixabay Os animais devem...

Polícia Federal apreende mais de uma tonelada de maconha na Região Norte do Rio Grande do Sul

Por Redação O Sul | 12 de novembro de 2020 A PF (Polícia Federal) apreendeu, na madrugada desta quinta-feira (12),...