Entretenimento Tata Werneck e mais artistas se revoltam com sentença...

Tata Werneck e mais artistas se revoltam com sentença do caso Mariana Ferrer

-

- Advertisment -

O caso Mariana Ferrer voltou a ser assunto nas redes sociais nesta terça-feira, 3, depois do empresário André de Camargo Aranha ser absolvido. Muitas celebridades ficaram indignadas com o desdobramento do caso e se manifestaram nas redes sociais. “‘Estupro culposo‘ pqp”, escreveu Bruna Marquezine no Twitter. “‘Estupro culposo’ não existe”, acrescentou a cantora Iza. “Estupro culposo é tipo o lado sombrio da lenda do boto na Amazônia, ambos criados por homens pra defender estuprador e culpabilizar as vítimas. ÉGUA BRASIL”, postou a cantora Gaby Amarantos. Inicialmente, havia sido informado que o promotor Thiago Carriço de Oliveira havia classificado o crime como “estupro culposo”, que não é previsto em lei no Brasil e que, segundo Oliveira, não havia como o empresário André de Camargo Aranha saber que a jovem não estava em condição de consentir o ato sexual e, por isso, não existiu a “intenção” de estuprar. O termo “estupro culposo”, no entanto, não consta na ação e, segundo o site “The Intercept Brasil”, foi usado “para resumir o caso e explicar para público leigo”.

“Entendam como é difícil ser mulher nesse país. O meu maior receio é que essa ‘decisão inédita’ abra precedentes pra inocentar estupradores. Estupro culposo não existe!”, escreveu a influenciadora digital Taynara OG. “Estupro Culposo NÃO EXISTE. Machismo Patriarcado canalha”, publicou o ator Silveiro Pereira. “ESTUPRO CULPOSO? Jura? As pessoas vão permitir que uma mulher seja atacada como foi , estuprada e ainda inventem um termo que nem existe pra defender o estuprador?”, disse a apresentadora Tata Werneck. “Se pra nós que estamos acompanhando de fora, já é ruim, desgastante, nojento e revoltante, imaginem como deve estar sendo horrível pra Mariana… Meu Deus! Vivemos num país que não protege as mulheres. É desesperador. ESTUPRO CULPOSO NÃO EXISTE”, opinou a ex-BBB Vivian Amorim. 

“Estou tremendo aqui agora, não teve a intenção de estupro? Desculpa, gente, mas isso existe? Porque essa é nova para mim. Não teve a intensão de estupro? Quantas mulheres, assim como a Marina, terão medo de expor uma agressão, de expor um estupro porque a sociedade não acredita nela. Quantas outras mulheres precisarão ser humilhadas, estupradas, para que a sociedade entenda que não há hipótese de não ter intensão de estupro ou intensão de agressão? A gente vai ter medo de sair na rua, de pegar uma condução, de entrar no carro de um aplicativo, medo do assédio, medo dos olhares, medo de colocar uma roupa, sair e ser assediada. Não é justo”, falou Rafa Kalimann em um vídeo postado no Instagram.

Relembre o caso

A influenciadora digital Mariana Ferrerse se tornou embaixadora do Cafe de La Musique, um beach club de Florianópolis, quando tinha 20 anos. Depois de um ano, ela denunciou um estupro que aconteceu no estabelecimento. De acordo com a influencer, no dia 15 de dezembro de 2018, ela foi dopada e então violentada pelo empresário André de Camargo Aranha, que teria amizade com os proprietários do local. O caso foi exposto pela própria vítima nas redes sociais e ganhou grande repercussão.

Ultimas Notícias

Um dos maiores comunicadores do estado de Pernambuco, prestigia a 2ª edição do GODIGITAL

Robson Ouro Preto marcou presença no Festival GoDigital. A segunda edição do evento foi realizada no Centro de Convenções...

Robson Ouro Preto é empossado novo presidente da Fundação Fonte Cultural

Após assembleia geral realizada na manhã da última quarta-feira (18), Robson Ouro Preto tomou posse do cargo da presidência...

Lucas Soares Fontes fala sobre fraude de quase R$500 milhões no INSS

Ao longo de toda a sua história, o INSS tem sido alvo de inúmeros tipos de fraude. Para o advogado e gestor...

Contradizendo Fake News espalhadas, Braiscompany demonstra firmeza e continua de portas abertas e operações a todo vapor.

Após Live do CEO, Antônio Neto Ais, clientes demonstram apoio para a empresa que há 05 anos transforma milhares...